Sistema CDI-S de IRM EMBLEM™

Desfibrilador Implantável Subcutâneo

Dados Clínicos de CDI-S

Explore dados de estudos clínicos e de mundo real sobre taxas de choque inapropriadas, taxas de complicações e mais. Além disso, aprenda sobre o primeiro ensaio clínico prospectivo, randomizado, cara a cara de não inferioridade comparando CDI-S a CDI-TV.

O CDI-S é Recomendado por Diretrizes

O CDI-S é Recomendado por Diretrizes
O CDI-S é Recomendado por Diretrizes

Resultados Agudos UNTOUCHED

Hipótese

A incidência de choques inapropriados em prevenção primária, LVEF ≤ 35% dos pacientes serão não inferiores à taxa em pacientes de CDI transvenoso com programação similar observada em nos Braços B e C MADIT-RIT.

Desenho do Estudo

  • Acompanhamento por 18 meses
  • Programação do dispositivo com uma zona condicional de 200 pbm e uma zona de choque com 250 bpm
  • Desfecho primário de taxa de ausência de choque inapropriado em 18 meses
  • Desfechos primários de taxa de ausência de choque por todas as causas em 18 meses e complicações do sistema e procedimento em 30 dias

Resultados Agudos

As taxas de eficácia de conversão e ausência de complicação continuam altas, consistentes com estudos históricos de CDI-S.

Resultados Agudos
Resultados Crônicos - Em Breve

Complicações de Eletrodo CDI-TV no Mundo Real

O eletrodo transvenoso é a fonte mais comum de complicações em um sistema de CDI-TV. Dados de mais de 40.000 pacientes do OptumLabs Data Warehouse demonstraram que a incidência de complicações mecânicas e infecciosas de eletrodos transvenosos em acompanhamento de longo prazo é muito maior no mundo real do que em estudos clínicos.
Complicações de Eletrodo CDI-TV no Mundo Real
Ausência de compilações
Gráfico de Kaplan-Meier de revisão de eletrodo associada a um diagnóstico de complicação de infecção ou mecânica para pacientes com um desfibrilador cardioversor implantável ou desfibrilador de terapia de ressincronização cardíaca. 

Análise de Dados de MADIT RIT10

Uma nova análise de dados de MADIT RIT demonstra que os pacientes têm maior probabilidade de desenvolver complicações a partir de eletrodos transvenosos do que de se beneficiar de ATP.

  • Existe uma redução estatisticamente significativa em ATP com programação contemporânea, sugerindo que muitas VTs apresentam auto-terminação e intervenções mais precoces podem levar a uma superestimação do valor de ATP.
  • Apesar do uso de significativamente mais ATP no braço de programação convencional de MADIT RIT, não houve redução na taxa de choque final em comparação aos braços de programação contemporânea.
Análise de Dados de MADIT RIT10

SMART Pass Reduz Significativamente IAS

CHOQUES  INAPROPRIADOS

Dados de mundo real do LATITUDE para 1.984 pacientes demonstraram que a taxa anual de choques inapropriados (IAS) diminuiu para 4,3% quando o SMART Pass foi habilitado. Esta é uma redução de mais de 67% em comparação à taxa de IAS observada no estudo IDE original.11

Veja Mais Dados do SMART Pass

PRAETORIAN: CDI

PRAETORIAN é o primeiro ensaio clínico prospectivo, randomizado, cara a cara de não inferioridade que compara CDI-S a CID-TV. O ensaio acompanhou 850 pacientes em 40 centros pela Europa e Estados Unidos. Os resultados são esperados em 2020.

Desenho do Estudo PRAETORIAN

Desenho do Estudo PRAETORIAN

Referências

Topo (Inicio)