Maior Resistência à Fratura do Stent

Menos Fraturas que os Stents de Liga de Cobalto Testados1

Teste de Bancada da Fadiga de Flexão1

O Stent Promus PREMIERTM foi projetado para ser mais resistente à fraturas que os stents de liga de cobalto testados.1
Taxas mais altas de fratura do stent foram associadas com um nível mais alto de MACE.2

Impacto Clínico e Econômico da Fratura do Stent

As fraturas do stent avaliadas resultaram em um aumento de 10 vezes na taxa de MACE e em um custo adicional médio de US$ 3.539,00 por evento.3
Total de 39 incidências de fratura do Stent Xience V™ = 2,9% do total das lesões avaliadas.2

Envie suas perguntas

Atualizações do Produto

Topo (Inicio)