O Eletrodo Subcutâneo do Sistema S-ICD foi projetado para ter Durabilidade

Menos Stress Biomecânico

Localizado fora do coração e da caixa torácica, o eletrodo subcutâneo do Sistema S-ICD é exposto a um stress biomecânico significativamente menor que os eletrodos transvenosos convencionais:

  • Não exposto à dinâmica e à força do movimento cardíaco (~ 100.000 flexões/dia)
  • Não exposto às forças de pressão clavicular

Construção Exclusiva

O eletrodo subcutâneo foi exclusivamente projetado para minimizar o risco de abrasão/quebra do isolamento e de fraturas do condutor:

  • O desenho do núcleo do cabo com vários filamentos oferece uma resistência excepcional
  • Isolador de poliuretano durável
  • Sem núcleo oco, sem molas internas
  • Projetado para suportar a força da reanimação cardiopulmonar (CPR)