Riscos e Considerações

Considerações antes da Correção Cirúrgica

Considerações antes da Correção Cirúrgica. Se você estiver pensando em se submeter a uma cirurgia para resolver seu problema de incontinência urinária de esforço, o médico fará perguntas sobre seu histórico médico para ter certeza que você é um candidato para esse tipo de procedimento. A título de referência para você, listamos abaixo algumas das contraindicações, advertências/complicações possíveis e eventos pós-procedimento associados com a cirurgia para incontinência urinária de esforço. Você deve conversar com seu médico para entender essas informações e determinar se esse procedimento é o melhor para você.

Objetivo de Uso / Indicações de Uso

Para tratar a incontinência urinária de esforço, resultante de hipermobilidade e/ou deficiência intrínseca do esfíncter, uma malha é implantada para atuar como uma alça (sling) sub-ureteral.

Contraindicações

O implante da malha é contraindicada para os seguintes pacientes:

  • Pacientes grávidas, pacientes que ainda estão em fase de crescimento ou pacientes que pretendem engravidar.
  • Qualquer paciente com patologia em tecidos moles, nos quais o implante seria colocado.
  • Pacientes com qualquer patologia que poderia comprometer a colocação do implante.
  • Pacientes com quaisquer patologias, como limitações no fornecimento de sangue ou infecções, que poderiam comprometer a cicatrização.

 

Advertências / Complicações Potenciais

Os riscos e os benefícios do procedimento de sling sub-ureteral devem ser cuidadosamente considerados nos seguintes pacientes:

  • Mulheres com intenção de engravidar.
  • Mulheres acima do peso (parâmetros do peso a serem determinados pelo médico).
  • Pacientes com distúrbios de coagulação do sangue.
  • Pacientes com o sistema imunológico comprometido ou qualquer outra condição que poderia comprometer a cicatrização.
  • Cuidados especiais devem ser tomados em casos de prolapso da bexiga em face de distorção anatômica. Se o paciente precisar de uma correção de cistocele, ela deve ser feita antes da colocação da alça sub-ureteral.
  • Infecções vaginal e do trato urinário devem ser tratadas antes do implante.
  • Esse produto deve ser exclusivamente utilizado por médicos com treinamento e experiência adequados no tratamento de incontinência urinária de esforço (IUE) em mulheres.

As seguintes complicações estão relacionadas com a colocação de alça (sling) sub-ureteral, mas não se limitam a elas:

  • Como acontece com qualquer implante, pode ocorrer irritação no local da ferida e/ou por causa do corpo estranho.
  • As respostas teciduais ao implante podem incluir extrusão vaginal, erosão através da uretra ou outro tecido ao redor, migração do dispositivo do local desejado, formação de fístula e inflamação. Em decorrência dessas respostas, pode ser necessário remover a malha.
  • Como ocorre com todos os corpos estranhos, a malha pode aumentar uma infecção já existente.
  • Tensão excessiva pode causar obstrução e retenção temporárias ou permanentes do trato urinário inferior.
  • Os riscos conhecidos de procedimentos cirúrgicos para o tratamento de incontinência incluem dor, infecção, erosão, migração do dispositivo, falha total do procedimento resultando em incontinência leve a moderada devido a uma fraca sustentação da bexiga ou a uma bexiga muito ativa.
  • Além das possíveis complicações acima relacionadas, reação alérgica, abscesso, instabilidade do detrusor, dor (pélvica, vaginal, na virilha, dispareunia), sangramento (vaginal, formação de hematoma), corrimento vaginal, deiscência ou incisão vaginal, dano em nervo, edema e eritema no local da ferida, são também relatados em decorrência do procedimento de alça sub-ureteral.
  • Também existem relatos que sintomas ortostáticos, cansaço e falta de ar podem ocorrer devido ao possível desenvolvimento de hemorragias, incluindo hemorragias ocultas.*
 

Pós-Procedimento

  • Caso ocorra disuria, sangramento ou outro problema, entre imediatamente em contato com seu médico.
  • Caso você tenha uma infecção depois do procedimento, pode ser necessário remover ou revisar a malha.
  • Como ocorre com todos os corpos estranhos, a malha pode aumentar uma infecção ou sepse já existente.
  • As respostas teciduais ao implante podem incluir: irritação no local da ferida, erosão vaginal ou exposição através da uretra ou outro tecido ao redor, migração do dispositivo do local desejado, formação de fístula, reação a corpo estranho e inflamação. Em decorrência dessas respostas, pode ser necessário remover ou revisar a malha.
  • Tensão excessiva pode causar obstrução e retenção temporárias ou permanentes do trato urinário inferior.
  • Os riscos conhecidos de procedimentos cirúrgicos para o tratamento de incontinência incluem dor, infecção, erosão/exposição, migração do dispositivo, falha total do procedimento resultando em incontinência devido a uma fraca sustentação da bexiga ou a uma bexiga muito ativa.

 

*Somente para procedimento com o Sistema de Sling Transobturador Médio-Ureteral Obtryx™

Atenção: A lei federal norte-americana restringe a venda desse dispositivo para um médico treinado no uso de malha cirúrgica para a correção de incontinência urinária de esforço ou a seu pedido. Antes de usar esse produto, consulte o encarte fornecido com o produto para conhecer as Instruções de Uso, as Contraindicações, os Efeitos Adversos Potenciais, as Advertências e as Precauções.

Os indivíduos descritos são modelos e foram incluídos apenas com fins ilustrativos.

Topo (Inicio)