Tratamento

Como a doença arterial periférica é tratada?
O tratamento para doença arterial periférica depende de sua gravidade. Assim, é muito importante e até vantajoso descobrir a doença precocemente. Frequentemente, a solução é simples. Por exemplo, seu médico pode recomendar exercícios ou medicações. O exercício pode fazer com que novos e minúsculos vasos sanguíneos cresçam e tragam oxigênio para as áreas com problema. O médico pode prescrever remédios para reduzir a dor ou evitar a formação de coágulos. Além deles, outros medicamentos podem ser necessários para controlar o diabetes, a pressão arterial alta ou o colesterol alto, uma vez que essas condições, se não tratadas, podem aumentar o risco de doença arterial periférica.

O seu médico decidirá se é ou não necessário tratar as artérias bloqueadas. Um ou mais dos procedimentos a seguir pode ser utilizado para ajudar que o sangue volte a fluir livremente através das artérias afetadas:

  • Angioplastia 途 um cateter com balão é passado através da artéria bloqueada. Depois de insuflado, o balão comprime a placa contra a parede da artéria.
  • Implante de stent -” Durante a angioplastia, um pequeno tubo de metal trançado, denominado stent, pode ser colocado na artéria para mantê-la aberta.
  • Aterectomia é” um cateter especial é utilizado para raspar cuidadosamente a placa e removê-la da artéria.
  • Endarterectomia 途 um cateter especial é utilizado para abrir os vasos sanguíneos bloqueados removendo a placa de dentro da parede arterial.
  • Revascularização cirúrgica à€” um vaso sanguíneo saudável retirado de outra parte do corpo, ou um pequeno tubo plástico especial, é usado para criar um desvio a fim de possibilitar que o sangue flua ao redor da artéria bloqueada.

Topo (Inicio)