Doença Arterial Periférica

Descrição

O que é doença arterial periférica?

Doença arterial periférica refere-se á  obstrução de grandes artérias fora da vascularização coronária, do arco aórtico ou cerebral.

Causas e Fatores de Risco

Quais são as causas e os fatores de risco da doença arterial periférica?

Também denominada doença vascular periférica, esse sério problema de circulação pode resultar da aterosclerose, processo inflamatório que leva à  estenose, embolia ou formação de trombo. Frequentemente, doença vascular periférica é um termo usado para se referir a bloqueios ateroscleróticos encontrados nas extremidades inferiores. A prevalência da doença vascular periférica na população geral é de 12 à €“14%, afetando até 20% das pessoas com mais de 70 anos[1]; 70% à 80% dos indivíduos afetados são assintomáticos; apenas uma minoria precisa de revascularização ou amputação. A doença vascular periférica afeta 1 entre 3 diabéticos com mais de 50 anos.

Sintomas

Quais são os sintomas da doença arterial periférica?

A doença arterial periférica causa isquemia aguda ou crônica (falta de fornecimento de sangue) resultando em uma dor leve e câimbra nas pernas, quadris ou nádegas quando você se exercita, que cessa em repouso. Esse é um sintoma clássico da doença arterial periférica chamado de claudicação.

Diagnóstico

Como a doença arterial periférica é diagnosticada?

O exame mais comum para doença arterial periférica é o Í­ndice tornozelo-braquial (ITB), um exame indolor que usa imagens de ultrassom para medir a pressão arterial nos pés e nos braços.

Tratamento

Como a doença arterial periférica é tratada?

Os médicos podem prescrever mudanças no estilo de vida, medicamentos e procedimentos, como a angioplastia e o implante de stents, para abrir os vasos bloqueados.